Em Brasília, manifestantes pedem que Lira abra impeachment e erguem cartazes contra propina na compra de vacina

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Manifestantes se reuniram na tarde deste sábado (3), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para protestar em defesa do impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

Havia cartazes chamando o governo de corrupto, pedindo a ampliação da vacinação no país e lembrando familiares ou amigos que morreram por complicações decorrentes da Covid-19. Muitos também citaram a denúncia de propina por vacina revelada pela Folha.

Os manifestantes gritavam frases como "Se o povo se unir, Bolsonaro vai cair" e " Se empurrar o Bozo cai".

Também houve pedidos para que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), abra um dos processos de impeachment apresentados contra o presidente na Casa.

"Lira, tira a bunda de cima do impeachment", gritavam.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos