Em carreata no Rio, Haddad diz que Flávio Bolsonaro 'vai ser preso'

·3 minuto de leitura

RIO - O ex-ministro - e presidenciável do PT em 2018 - Fernando Haddad, afirmou neste sábado, que o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) "vai ser preso nos próximos dias". A fala de Haddad ocorreu durante carreata pela orla da Zona Sul em apoio à candidatura de Benedita da Silva (PT) à prefeitura do Rio. Haddad chegou ao Rio na sexta-feira para participar diretamente da campanha de Benedita.

Eduardo Paes (DEM), Marcelo Crivella (Republicanos) e Martha Rocha (PDT), outros candidatos que disputam vaga no segundo turno, tiveram atividades de campanha em bairros da Zona Oeste neste sábado.

Na carreata com Benedita, Haddad disse que Flávio, filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, "roubou o povo do Rio de Janeiro". O senador foi denunciado pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ) nesta semana pelos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e apropriação indébita. A denúncia é referente às investigações sobre o esquema de "rachadinha" no antigo gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), envolvendo seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

– Flávio Bolsonaro vai ser preso nos próximos dias por ter roubado o povo do Rio de Janeiro. Abaixo Bolsonaro, abaixo Witzel, abaixo Crivella. Abaixo a ladroeira dos Bolsonaro. Fláviio Bolsonaro na cadeia – afirmou Haddad na carreata, em momento registrado em vídeo.

Na noite de sexta, em ato de campanha com Haddad na praça São Salvador, na Zona Sul do Rio, Benedita disse que "nem o PT, nem o PCdoB são partidos perfeitos, mas é o que a esquerda tem neste momento". Neste sábado, além de participar da carreata, Haddad gravou vídeo em apoio à candidatura de Benedita nos Arcos da Lapa, região central do Rio.

Ataques mútuos

Líder nas pesquisas de intenções de voto, Eduardo Paes fez caminhada em Padre Miguel e Realengo, bairros da Zona Oeste do Rio, ao lado do senador Romário Faria (Podemos-RJ) e do deputado estadual Bebeto, também do Podemos. O partido faz parte da coligação de Crivella, mas Romário declarou apoio ao candidato do DEM. Aliados na política, Romário e Bebeto também formavam dupla de ataque nos tempos de futebol.

Crivella participou de uma reunião com apoiadores e fez carreata por Campo Grande, na Zona Oeste. Depois, em encontro com taxistas na Ilha do Governador, o atual prefeito, segundo colocado nas intenções de voto de acordo com o Datafolha, fez críticas a Paes, a quem acusa de ter deixado dívidas oriundas das obras olímpicas.

– Quem é o pai? É o cara que transa, ou o cara que paga escola, dentista, uniforme, e dá comida para a criança? Então o pai da Olimpíada sou eu – declarou Crivella.

Martha Rocha fez uma caminhada em Bangu no fim da manhã e depois fez panfletagem na Vila Kennedy, também na Zona Oeste. Em suas redes sociais, a candidata do PDT celebrou a vitória do candidato democrata Joe Biden nas eleições dos Estados Unidos neste sábado, e também compartilhou uma postagem de internauta com críticas à ex-deputada Cidinha Campos, sua colega de partido. Um vídeo com críticas de Cidinha a Martha passou a ser veiculado na última semana pela propaganda eleitoral de Eduardo Paes.