Em carta a Alckmin, PT e aliados pedem presença de negros na transição de Lula

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Representantes de setoriais de combate ao racismo de nove partidos que apoiaram Lula (PT) enviaram uma carta nesta sexta-feira (4) a Geraldo Alckmin (PSB) pedindo que a equipe de transição, que ele coordena, seja mais inclusiva do ponto de vista racial.

Até o momento, apenas pessoas brancas foram nomeadas para a equipe. Assinam o documento dirigentes de PT, PC do B, PV, PSB, PSOL, MDB, PDT, PSDB e Cidadania. Todos os partidos apoiaram Lula no primeiro ou segundo turnos, incluindo os tucanos, cujo setorial racial pediu voto para o presidente eleito.

O documento também reforça o pedido para que haja representantes negros em altos escalões de todos os ministérios do governo Lula, e sugere que o secretário de Combate ao Racismo do PT, Martvs Chagas, seja o interlocutor do grupo junto à comissão.