Em corrida na Câmara, General Peternelli defende nova forma de escolha de projetos a serem votados

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Candidato à presidência da Câmara, o deputado General Peternelli (PSL-SP) propôs mudanças no formato de escolha das pautas a serem votadas na casa legislativa. A ideia do deputado é aumentar a participação dos deputados e da sociedade nos temas analisados. Em discurso às vésperas da eleição na Câmara, ele apresentou um modelo em que metade dos projetos a serem levados ao plenário seriam escolhidos pelos deputados, por meio de um processo eletrônico. A população também poderia votar pelos projetos que serão votados —20% das propostas seriam escolhidas por essa forma. O restante (30%) seria uma decisão do presidente da Câmara e dos líderes partidários. Peternelli defendeu controle de despesas e transparência na Câmara. "E que sejamos independentes", disse, defendendo uma postura isenta entre a casa legislativa e o governo do presidente Jair Bolsonaro, que apoia a candidatura do líder do centrão, Arthur Lira (PP-AL).