Em culto, Bolsonaro questiona vacinas contra Covid e desinforma ao dizer que elas são experimentais

·1 minuto de leitura
ANÁPOLIS, GO, 09.06.2021 - O presidente Jair Bolsonaro cumprimenta apoiadores ao sair de um evento evangélico em Anápolis (GO), nesta quarta. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)
ANÁPOLIS, GO, 09.06.2021 - O presidente Jair Bolsonaro cumprimenta apoiadores ao sair de um evento evangélico em Anápolis (GO), nesta quarta. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)

ANÁPOLIS, GO, E BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a questionar, nesta quarta-feira (9), vacinas contra a Covid-19 e difundiu desinformação ao afirmar, incorretamente, que os imunizantes estão em fase experimental.

"[Remédios do chamado tratamento precoce] não têm comprovação científica. E eu pergunto: a vacina tem comprovação científica ou está em estado experimental ainda? Está [em estado] experimental", disse.

A fala do presidente é falsa porque as vacinas contra a Covid-19 não estão em estado experimental. No Brasil, diferentes imunizantes receberam o aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), tendo passado por análises de segurança, qualidade e eficácia.

Mesmo as vacinas que receberam luz verde para aplicação emergencial passaram por esse tipo de avaliação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos