Em Curitiba, Bolsonaro diz que Brasil é o país que dá certo

O candidato à reeleição pelo PL, Jair Bolsonaro, participou de motociata, seguida de comício, em Curitiba, na tarde desta quarta-feira (31). O evento aconteceu no centro da cidade, no local conhecido como Boca Maldita, tradicional espaço de manifestações políticas e culturais dos curitibanos.

Bolsonaro chegou ao local liderando centenas de motociclistas e subiu no palanque, para discursar ao público presente. O presidente passou ao lado da multidão, cumprimentando os seus apoiadores, separado apenas por uma grade.

O candidato iniciou o seu discurso agradecendo a recepção dos paranaenses e destacou o que considerou avanços econômicos de seu governo, citando a queda da inflação, a subida do Produto Interno Bruto (PIB) e também a redução no desemprego.

“Vocês sabem que passamos por momentos difíceis, o mundo todo sofreu com a pandemia. Lamentamos as mortes e lidamos também com a questão econômica, que estamos resolvendo dia após dia. Hoje temos uma realidade, temos uma das gasolinas mais baratas do mundo e sabemos que ela leva a inflação para baixo. Não se tem notícia de país nenhum do mundo com deflação, com inflação negativa. Este é o país que dá certo”, disse Bolsonaro.

Ele voltou a dizer que seu governo não está relacionado a casos de corrupção. “[São] três anos e meio sem corrupção”, destacou o candidato.

Bolsonaro disse que o seu governo jamais apoiará a liberação das drogas, o aborto e "a ideologia de gênero", acrescentando que é pró-família.

“Somos um país de homens e mulheres de bem. Pessoas que têm a sua família. Pessoas que querem paz e tranquilidade. E eu tenho certeza, que enquanto presidente eu for, vocês terão isso. Porque mais do que dar a vida pela nossa pátria, nós juramos dar a vida pela nossa liberdade. No dia 2 de outubro, a maioria de bem se elegerá por todos os cantos do nosso Brasil. Não é fácil ser presidente, mas com esse povo e Deus ao nosso lado, nós vencemos qualquer obstáculo”.