Em depoimento, Kate Moss nega que Johnny Depp a jogou escada abaixo

Modelo Kate Moss, ex-namorada de Johnny Depp, em depoimento no tribunal.
Modelo Kate Moss, ex-namorada de Johnny Depp, em depoimento no tribunal. Foto: REUTERS/Evelyn Hockstein/Pool

Resumo da notícia:

  • Kate Moss testemunha a favor de Johnny Depp em caso contra Amber Heard

  • Modelo nega que ator a jogou escada abaixo durante o namoro

  • Eles namoraram entre os anos de 1994 e 1997

Kate Moss testemunhou a favor de Johnny Depp na ação de difamação que o ator move contra a ex-esposa Amber Heard. De acordo com o Daily Mail, a modelo, que namorou o astro das telonas entre 1994 e 1997, negou que ele a jogou escada abaixo.

Isso porque Head havia alegado a agressão em depoimento no tribunal do condado de Fairfax, na Virgínia, nos Estados Unidos. "Ele nunca me empurrou, me chutou ou me jogou escada abaixo", declarou Moss ao desmentir a história contada pela atriz.

Questionada pelo advogado de Depp, Benjamin Chew, a modelo explicou que ela escorregou nas escadas durante as férias do casal na Jamaica. "Ele me carregou para o meu quarto e me deu atendimento médico", afirmou.

Na declaração polêmica, Heard havia mencionado Kate Moss ao contar sobre uma briga com Depp em 2015, em que ela teria lembrado do boato de que o ex-marido agrediu a top model.

Vale lembrar que Johnny Depp está processando Amber Heard por danos morais. Não é por acaso que o julgamento acontece na Virgínia, estado onde o Washington Post é impresso nacionalmente e tem uma versão mais maleável da lei Anti-SLAPP (Ações Estratégicas Contra a Participação Pública). Por lá, pedidos de indenização por danos morais costumam ter mais sucesso na Justiça.

As sessões deverão ter muitos famosos, a exemplo de Elon Musk. Depp suspeita que o CEO da Tesla e da SpaceX seja o pai da filha de Amber. Em outras oportunidades, o ator acusou a ex-esposa de manter uma relação a três com a modelo Cara Delevigne e o CEO da Tesla e da SpaceX quando ainda estava casada com ele.

James Franco deverá falar como testemunha de defesa de Amber Heard. A atriz diz que chegou a mostrar os hematomas das agressões que sofria de Johnny Depp em casa para o ator. Do lado de Johnny Depp, Paul Bettany irá defender o ator e provavelmente terá que se explicar sobre as conversas comprometedoras que teve com o amigo no período da separação. Clique aqui para saber tudo sobre o caso.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos