Em discurso, Bolsonaro confunde Minas Gerais com São Paulo

Denner Ovidio/Futura Press

Em um discurso realizado em Uberlândia nesta semana o deputado e pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSC-RJ) se confundiu e agradeceu a recepção do estado errado. “Também sou apaixonado por vocês, também sou paulista desse estado maravilhoso que é a locomotiva da nossa economia”, disse. Pouco depois, foi alertado por seus assessores e acabou corrigindo. “Meu muito obrigado para Uberlândia, Minas Gerais”.

O equívoco aconteceu novamente logo depois, quando Bolsonaro elogiou a polícia de São Paulo. “Como integrante do Exército brasileiro, queria saudar aqui a nossa força-irmã: a polícia de São Paulo. Uma salva de palmas para a Polícia Militar de São Paulo”, declarou ele, enquanto algumas pessoas da plateia gritaram “Minas Gerais”, indicando o novo erro. “Me desculpem, um ato falho, vou pagar dez flexões aqui. É que vou decolar de Ribeirão Preto depois. Polícia militar de todo o Brasil, em especial de Minas Gerais”, explicou o pré-candidato.

Bolsonaro aproveitou ainda para defender a liberação do porte de armas para os brasileiros e prometeu medidas para ajudar o homem do campo, evitando que ele continue a ser “infernizado pelos marginais do MST”.

Confira o discurso na íntegra: