Em discurso no escuro, Zelensky diz que "os bombardeios não nos quebrarão"

Kiev sem eletricidade após bombardeios em instalações de infraestrutura

(Reuters) - O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, apareceu nesta quinta-feira do lado de fora e no escuro, ao lado dos destroços de um drone abatido, e prometeu que os ataques russos generalizados a usinas de energia não quebrariam os ânimos ucranianos.

Abandonando seu ambiente interno habitual, Zelenskiy disse em seu discurso diário em vídeo que as forças de Kiev derrubaram 23 drones nos últimos dois dias.

A Rússia apontou dezenas de mísseis e veículos aéreos não tripulados contra a rede de geração de eletricidade da Ucrânia nas últimas duas semanas, causando grandes danos e provocando apagões.

"O bombardeio não vai nos quebrar - ouvir o hino do inimigo em nossa terra é mais assustador do que os foguetes do inimigo em nosso céu. Não temos medo do escuro", disse ele.

Kiev e quatro regiões podem ter que cortar o fornecimento de eletricidade por mais tempo do que o planejado após os ataques russos, disse um alto funcionário nesta quinta-feira.

Zelenskiy disse que a Rússia até agora lançou mais de 8.000 ataques aéreos e disparou 4.500 mísseis.

(Reportagem de David Ljunggren)