Em discurso no Nordeste, Bolsonaro volta a pedir eleição de Arthur Lira para comando da Câmara

Lisandra Paraguassu
·1 minuto de leitura
Presidente Jair Bolsonaro fala com jornalistas após reunião com ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro defendeu abertamente, mais uma vez, a eleição do deputado Arthur Lira (PP-AL) para a presidência da Câmara, ao discursar nesta quinta-feira em evento na divisa entre Alagoas e Sergipe.

"Se Deus quiser, na segunda-feira teremos segundo homem na linha hierárquica do Brasil, eleito aqui no Nordeste pela Câmara dos Deputados, o deputado Arthur lira, se Deus quiser o nosso presidente", disse Bolsonaro.

Lira, que tem como principal opositor o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), candidato apoiado pelo atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aliou-se a Bolsonaro para concorrer ao cargo. No momento, o deputado alagoano parece estar na liderança da eleição, que acontece na segunda-feira.

Na quarta, depois de um café da manhã com a bancada do PSL, seu ex-partido, Bolsonaro deixou claro que está trabalhando para interferir na eleição na Câmara a favor de Lira.

"Viemos fazer uma reunião aí com 30 parlamentares do PSL e vamos, se Deus quiser, participar, influir na presidência da Câmara, com estes parlamentares, de modo que possamos ter um relacionamento pacífico e produtivo para o nosso Brasil", disse Bolsonaro em uma transmissão para as redes sociais feitas pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP).