Em entrevista à ESPN, Pato diz que não foi 'bem aproveitado' no Corinthians

Ana Carolina Castro

​Enquanto todos ficam em casa se cuidando, alguns programas esportivos não param. É o caso do Resenha ESPN. Na atração deste sábado (4), às 17h (horário de Brasília) e com transmissão na ESPN Brasil e no WatchESPN, o programa terá um convidado especial: Alexandre Pato, atual jogador do ​São Paulo.

Brazil's forward Alexandre Pato gestures


Pato falou abertamente sobre sua carreira no futebol e também sobre sua passagem no Timão, que terminou após uma cobrança de pênalti com cavadinha em cima de Dida, resultando na eliminação do clube alvinegro na Copa do Brasil de 2013


“O que eu vejo é que eu havia chegado em um grupo já feito. Um grupo campeão da Libertadores, Mundial... E eu cheguei na boa fé, me esforcei, e acho que não fui bem visto por alguns do grupo que tinham muita força naquela época. Eu sempre fui muito dedicado e fui indo. Mas era assim, eu sentia que no primeiro deslize, eles iam tentar me tirar. E foi o que aconteceu. No jogo contra o ​Grêmio eu bati um pênalti que eu não devia ter batido”, declarou. Sua fala foi publicada pela ​ESPN.


O atleta chegou ao ​Corinthians em 2013, um ano após a conquista histórica de títulos da ​Libertadores e do Mundial, como uma das principais contratações do clube e do futebol brasileiro. Custou R$15 milhões de euros, equivalente a R$40 milhões de euros na época

Corinthians v Santos - Sao Paulo State Championship 2013


A partida contra o ​Grêmio aconteceu ainda em 2013 pelas quartas de final da Copa do Brasil. Depois de dois empates de 0 a 0, os clubes decidiram o vencedor do duelo nos pênaltis. As cobranças estavam empatadas em 2 a 2, sendo que Danilo e Edenilson perderam as chances de gol pelo lado alvinegro, enquanto Barcos e Alex Telles desperdiçaram os feitos para o Tricolor Gaúcho.

Alexander Pato,Klarens Sedorf,Dida,Ronaldinho

“Eu trabalhei com o Dida no Milan e ele pulava muito rápido e chegava no canto muito rápido... Só que eu errei e aconteceu tudo aquilo. E naquele momento, tudo o que aconteceu desde a minha chegada foi o estopim para acontecer tudo o que aconteceu”, argumentou Pato. O atacante ficou no Timão até fevereiro de 2014, mas nunca 'superou' o episódio. Ele acabou sendo trocado por Jadson com ​São Paulo, atual clube que defende.


Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.