Em fotos: Rei Charles 3º comanda cortejo fúnebre da rainha Elizabeth 2ª

O rei Charles 3º; a princesa Anne; o duque de York, Andrew; e o conde de Wessex, Edward lado a lado, com olhar sério
Acompanharam o cortejo fúnebre o rei Charles 3º; a princesa Anne; o duque de York, Andrew; e o conde de Wessex, Edward

O caixão da rainha Elizabeth 2ª já está na catedral de St. Giles em Edimburgo, onde milhares de pessoas poderão dar seu último adeus à monarca, que faleceu na quinta-feira (8/9) aos 96 anos.

Esta é a segunda etapa de uma jornada de cerimônias que culminará com um funeral de Estado em 19 de setembro na Abadia de Westminster, em Londres.

O caixão foi transportado no domingo (11) do castelo de Balmoral, onde a rainha morreu, até Edimburgo. Depois, seguirá para Londres de avião, na terça-feira (13).

Nesta segunda-feira (12), houve um cortejo fúnebre do palácio de Holyroodhouse até a catedral de St. Giles, que ficará aberta por 24 horas para o velório. Acompanharam a pé o cortejo os quatro filhos da rainha — o Rei Charles 3º; a princesa Anne; o duque de York, Andrew; e o conde de Wessex, Edward.

Castelo e dezenas de pessoas enfileiradas no pátio em formações distintas, como parte da cerimônia
Caixão deixou o palácio de Holyroodhouse em direção à catedral de St. Giles
O rei Charles 3º; a princesa Anne; o duque de York, Andrew; e o conde de Wessex, Edward lado a lado, com olhar sério
Os quatro filhos da monarca estiveram em cerimônias na Escócia
Foto aérea mostra carros na estrada
Foto aérea mostra carros na estrada
Caixão dentro de carro
Caixão dentro de carro
Carros enfileirados e centenas de pessoas assistindo
Carros enfileirados e centenas de pessoas assistindo
Mulheres em pé no cortejo, uma delas enxugando lágrima
Mulheres em pé no cortejo, uma delas enxugando lágrima
Foto aérea mostra caixão sendo transportado
Foto aérea mostra caixão sendo transportado
Guardas reais carregando o caixão
Guardas reais carregando o caixão

O príncipe Andrew usava trajes civis e não militares, uma vez que ele perdeu suas honrarias militares no início do ano pouco antes de chegar a um acordo referente a um processo civil nos Estados Unidos, no qual era acusado de abuso sexual.

Milhares de pessoas lotaram as ruas do centro de Edimburgo para acompanhar o cortejo, que durou cerca de meia hora. Muitos esperaram horas para conseguir um bom lugar para dar adeus à rainha.

Membros da família real enfileirados, em pé, em frente a caixão
Foi realizada uma missa de honra na catedral de St. Giles
Caixão coberto pelo Estandarte Real e coroa
Caixão coberto pelo Estandarte Real e coroa
Liz Truss sentada e rodeada por outras pessoas, todos vestindo preto
A primeira-ministra britânica Liz Truss compareceu à missa na Escócia
Rei Charles 3º e a rainha consorte Camilla caminhando
Rei Charles 3º e a rainha consorte Camilla após missa na catedral escocesa
Fila do lado de fora de catedral
Fila em volta da catedral de St. Giles
Homem de costas observa TV no canto de um pub
Homem acompanha cerimônia na TV no pub The Albanach, em Edimburgo

O caixão estava adornado com flores frescas recolhidas em Balmoral, entre elas rosas, frésias e alecrins, e era coberto pelo Estandarte Real.

Além do rei Chales e da família real, participaram de uma missa de honra na catedral de St. Giles a primeira-ministra britânica, Liz Truss, e a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon.