Em janeiro, AstraZeneca alertou Ministério da Saúde que não negociava por meio de intermediários

·1 minuto de leitura
Sodertalje, Sweden - April 13, 2020: Extrior view of the multinational pharmaceutical and biopharmaceutical company AstraZeneca production plant located at Snackviken.
Alerta da AstraZeneca foi feito por e-mail em 29 de janeiro (Foto: Getty Images)
  • AstraZeneca alertou em janeiro que não negociava vacinas por meio de intermediários

  • Governo federal se reuniu em mais de uma ocasião com atravessadores da Davati

  • Negociação está na mira da CPI da Covid

Em janeiro, a AstraZeneca informou ao governo federal que não negociava vacinas por meio de intermediários no mercado privado. A informação é comprovada por um documento enviado à CPI da Covid no Senado pelo Ministério da Saúde.

Segundo a GloboNews, em 29 de janeiro, uma diretora da empresa mandou um e-mail para a Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde e também para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Leia também

O e-mail foi enviado pela AstraZeneca após a empresa ficar sabendo que o Ministério da Saúde havia recebido uma suposta proposta de para a compra de imunizantes de uma companhia de Vila Velha.

“Toda a produção da vacina AZD 1222 durante o período da pandemia é destinado exclusivamente a governos e organizações internacionais de saúde ao redor do mundo, ou seja, não há possibilidade de comercialização da vacina produzida pela AstraZeneca no mercado privado”, afirmou a AstraZeneca.

Ainda assim, em fevereiro, o Ministério da Saúde negociou com a Davati, que alegava ter 400 milhões de doses da AstraZeneca. A tentativa de negociação é foco da CPI da Covid.

A negociação com a Davati foi aprovada pelo diretor de Imunização da pasta, Lauricio Monteiro Cruz. Ele foi exonerado em 8 de julho, após as revelações de envolvimento no caso Davati pela imprensa.

O então número 2 da pasta, Élcio Franco, também se envolveu na negociação. Em março, ele se reuniu com representantes da Davati.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos