Em jantar com empresários, Lira comemora saída de Salles

·1 minuto de leitura
Brazil's Environment Minister Ricardo Salles speaks with reporters in Brasilia, Brazil, Wednesday, May 19, 2021. Brazil’s Federal Police on Wednesday carried out searches to investigate whether key figures within the Environment Ministry, including Salles, facilitated illegal timber exports to the U.S. and Europe. ​(AP Photo/Eraldo Peres)
Ex-minitro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Foto: ​AP Photo/Eraldo Peres
  • Evento contou com grandes líderes do setor privado brasileiro

  • Encontro aconteceu em São Paulo

  • Salles é investigado pela Polícia Federal em caso de tráfico de madeira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), se reuniu em São Paulo com empresários em um jantar na última quinta-feira (24). O grupo celebrou a saída do ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles do governo.

A conversa se deu em tom informal e havia uma sensação de alívio entre os convidados, segundo relatou o jornal Folha de S. Paulo. Além da saída de Salles, os empresários comentaram a queda do dólar e a retomada dos investimentos externos no Brasil.

Ainda de acordo com o jornal, um dos empresários disse ao presidente da Câmara que acredita que o Brasil se tornará uma potência em biotecnologia. Lira garantiu que o tema será pautado no Congresso junto com políticas de energias renováveis.

Leia também:

O evento foi organizado pelo grupo de empresários Esfera Brasil de João Carlos Camargo. O objetivo do grupo é aproximar lideranças do setor privado a líderes do governo. Entre os presentes estavam André Esteves, do BTG Pactual; Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Conselho de Administração do Bradesco; Jean Jereissati, CEO da Ambev; Luis Henrique Guimarães, CEO da Cosan; e Michael Klein, fundador do Grupo CB, das Casas Bahia.

Ricardo Salles pediu demissão do cargo na última quarta-feira (23). Ele é investigado em operação da Polícia Federal por favorecimento a empresários do setor de exploração de madeira e é alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos