Em jantar no DF, Bolsonaro prega paz com Alexandre de Moraes após conversa privada

O ministro do STF Alexandre de Moraes é relator de investigações contra o presidente Bolsonaro. (Foto: SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)
O ministro do STF Alexandre de Moraes é relator de investigações contra o presidente Bolsonaro. (Foto: SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)
  • Evento foi oferecido por Arthur Lira em homenagem a Gilmar Mendes

  • 'Única briga que temos é que você é Corinthians e eu sou Palmeiras', disse Bolsonaro ao ministro

  • Moraes investiga aliados do presidente no STF

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, organizou um jantar em homenagem ao ministro Gilmar Mendes, por seus 20 anos no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (22), na residência oficial da Câmara, em Brasília. Entre os convidados estavam o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ministro Alexandre de Moraes (STF).

Bolsonaro e Moraes não têm estado em bons termos. O ministro encabeça diversas investigações no Supremo que têm como alvo aliados do presidente e o próprio Bolsonaro. No evento, no entanto, eles conversaram, segundo informou a revista Veja, em uma sala separada dos outros convidados.

Em meio à festa, Bolsonaro teria se mostrado amigável e chegou a pregar a paz com seu inimigo: “A única briga que temos é que você é Corinthians e eu sou Palmeiras”, disse o presidente.

Estavam presentes também o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), os deputados federais Aécio Neves (PSDB-MG), Renildo Calheiros (PCdoB-PE), Odair Cunha (PT-MG), Reginaldo Lopes (PT-MG), Orlando Silva (PCdoB-BA), Elmar Nascimento (União-BA) e Luciano Bivar (União Brasil-PE), os ministros do STF Ricardo Lewandovski, André Mendonça e Kassio Nunes Marques, o general Braga Netto, o advogado-geral da União Bruno Bianco e o ministro da Justiça, Anderson Torres.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos