Em jogo de erros individuais e péssima atuação coletiva, Vasco é derrotado por 3 a 1 para o Sampaio Corrêa

Eram muitos desfalques no time de Maurício Souza. Ao todo, o treinador tinha sete baixas, sendo quatro titulares. Mas mesmo com a ausência de nomes como Thiago Rodrigues, Andrey Santos, Figueiredo e Palácios, ainda faltam explicações para o péssimo jogo que o Vasco fez ontem no Maranhão, onde perdeu por 3 a 1 pelo Sampaio Corrêa. Menos mal que, mesmo com a derrota, o Vasco se manteve na segunda colocação da tabela.

Ofensivamente, a inspiração era nula. Retrato disso é o erro técnico de Matheus Barbosa na saída de bola que resultou no primeiro gol do Sampaio Corrêa. Sem Andrey, Maurício Souza tentou, sem sucesso, manter o estilo de construção para o ataque. O bonito gol cruz-maltino marcado por Erick quando o jogo já estava resolvido saiu num bate e rebate maranhense.

Já no setor defensivo, o cruz-maltino mostrava postura oposta ao que foi apresentado ao longo da competição — antes da partida, o Vasco tinha a segunda melhor defesa da Série B. No segundo gol do Sampaio, marcado por Ygor Catatau — que também fez o terceiro —, a jogada começou com Pimentinha e Matheusinho, que infernizaram a zaga vascaína, e acabou com o atacante aproveitando desatenção bizarra de Léo Matos para abrir 2 a 0.

Na próxima terça, o Vasco volta a campo contra o Ituano e a expectativa é de que com São Januário lotado, a equipe demonstre maior inspiração para voltar a conquistar o resultado positivo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos