Em live, Xuxa diz ser a favor de que remédios e vacinas sejam testados em presidiários

O Globo
·2 minuto de leitura

Durante uma live realizada na noite desta sexta-feira, Xuxa disse ser a favor da ideia de que testes de remédios e vacinas sejam feitos em pessoas condenadas, que cumprem pena, e não em animais como experimento. A declaração foi dada durante uma entrevista no perfil da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

"Acho que, com remédios e outras coisas, eu tenho um pensamento que pode parecer muito ruim para as pessoas, desumano... Na minha opinião, existem muitas pessoas que fizeram muitas coisas erradas e estão aí pagando seus erros para sempre em prisões, que poderiam ajudar nesses casos aí, de pessoas para experimentos ", disse a apresentadora, que acrescenta:

"Acho que pelo menos serviriam para alguma coisa antes de morrer, para ajudar a salvar vidas com remédios e com tudo. Aí vem o pessoal dos Direitos Humanos e dizer que não podem ser usados. Mas se são pessoas que está provado que irão passar sessenta, cinquenta anos na cadeia e que irão morrer lá, acho que poderiam usar ao menos um pouco da vidas delas para ajudar outras pessoas. Provando remédios, vacinas, provando tudo nessas pessoas".

Durante a entrevista, Xuxa conversou sobre a defesa dos animais e também projetos de leis voltados para o cuidado dos bichos. No papo Xuxa ainda citou testes de produtos que são realizados em pessoas que se sujeitam a alguma eventual consequência, mas que estão cientes do que ocorrem. Diferente dos animais.

Xuxa reconhece, porém, que, caso questionem se ela usa ou já usou produtos testados em animais, ela responderia que "quase a vida inteira". A coisa, para a apresentadora, mudou de figura depois que ela se tornou vegana. Agora, Xuxa procura saber a procedência de determinado produto e tenta evitar usar aqueles que foram testados em animais. Mesmo assim, ela reconhece que é "muito difícil".

Pedido de desculpas

Após a polêmica causada pelas declarações, Xuxa usou seu Instagram na madrugada de sábado para publicar um vídeo em que pede desculpas.

"Estou aqui pedindo desculpas para vocês, não usei as palavras certas. Pensei muitas coisas e quis falar sobre muitos assuntos, sobre maus tratos aos animais, e fiz a mesma coisa, também julguei e maltratei", completou a apresentadora. Ela encerrou o vídeo falando: "A todos vocês que me julgaram, julgaram certo, eu errei e estou aqui pedindo desculpas a vocês."