Em meio à digitalização de serviços, empresa ajuda empreendedores a abrirem negócios online

Edgard Monteiro é diretor executivo e fundador da Bio Supre

A maior parte das pessoas estão cumprindo a quarentena - recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e instaurada pelos governadores e prefeitos - e, este período com mais tempo livre pode ser o ideal para alcançar os sonhos e objetivos pretendidos. Há quem tenha uma ótima ideia, mas não sabe como por em prática. E é justamente aí que entra a tecnologia. Uma empresa, na Região Serrana do Rio, tem ajudado empreendedores a dar o pontapé inicial nos negócios.

O diretor executivo da Bio Supre, Edgard Monteiro, explica que o objetivo da empresa de franquias é promove a independência financeira dos franqueados e facilitar a criação dos negócios e processos:

— Nós ficamos responsáveis por todas as operações que os clientes necessitarem para abrir, obter as licenças e registros, gerenciar sites e entregar os produtos vendidos. Deste modo, as pessoas que tem o sonho de ter sua própria marca contam com um time especializado para atendimento, resolução de dúvidas e produção de mercadorias.

Monteiro acrescenta que a Bio Supre garante que o prazo para que uma loja esteja funcionando com todos os registros, processos fiscais, identidade visual e estratégias de marketing digital, além dos serviços logísticos integrados, é de apenas 80 dias.

— Para os empreendedores atrelarem suas lojas à Bio Supre, basta entrarem em contato com um dos especialistas, que irá ouvir e explicar as dinâmicas e procedimentos que precisam ser feitos. Sendo assim, a jornada do empreendedor é facilitada e o dono do negócio precisará, apenas, vender seu produto - que também será produzido pela empresa. Entre a gama de mercadorias que atendemos estão chás, shakes, cápsulas, cosméticos, entre outros — explica o gerente de negócios.