Em meio à falta de AstraZeneca, Brasil recebe 5 milhões de doses da Pfizer

·1 minuto de leitura
Soldiers guard a container with 1,000,000 doses of the Pfizer-BioNTech vaccine against COVID-19 upon its arrival at the Viracopos International Airport in Campinas, some 100 km from Sao Paulo, Brazil on April 29, 2021. - Brazil received Thursday a first lot of 1,000,000 doses of the Pfizer-BioNTech vaccine developed by US drugmaker Pfizer and BioNTech of Germany. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Brasil recebeu 72 milhões de doses da Pfizer e, até o fim do ano, receberá total de 200 milhões (Foto: Nelson Almeida/AFP via Getty Images)
  • Brasil recebeu 5 milhões de doses da vacina da Pfizer na noite de domingo

  • País enfrenta falta de doses da AstraZeneca e estados estão utilizando doses da Pfizer para completar esquema vacinal

  • Vacina da Pfizer é a única que pode ser usada em adolescentes; Ministério da Saúde recomenda que seja o imunizante aplicado como dose de reforço em idosos

Na noite do último domingo (12), o Brasil recebeu 5,18 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a covid-19. Quatro lotes chegaram em voos separados no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo.

Depois do desembarque, as vacinar foram levadas para o depósito do Ministério da Saúde, em Guarulhos, para depois serem distribuídas entre os 38 mil postos de vacinação em todo o país.

Leia também

Com as 5,18 milhões de doses que chegaram ontem, o país já recebeu 72 milhões de doses do imunizante. O Brasil tem um contrato para receber 200 milhões de vacinas da Pfizer até o fim de 2021.

A entrega acontece em meio à falta de vacinas da AstraZeneca no país. A Fiocruz informou que atrasaria a entrega de imunizantes, por causa da escassez de Insumo Farmacêutico Ativo para a produção de mais doses.

Em estados como São Paulo e Rio de Janeiro, pessoas que tomaram a primeira dose da vacina da AstraZeneca e precisam completar o esquema vacinal podem receber o imunizante da Pfizer como segunda dose.

Além disso, as doses da Pfizer são as únicas que podem ser usadas em adolescentes, que estão sendo vacinados em todo o país. O Ministério da Saúde também recomenda que a vacinação com a dose adicional em idosos seja feita com o imunizante da Pfizer. Segundo a pasta, a imunização com a terceira dose para os idosos com mais de 70 anos começa na quarta-feira (15), a partir do repasse de novas doses da Pfizer.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos