Em meio a pandemia da Covid-19, Crivella promove 12 trocas de cargos na Cultura

Jan Niklas
Prefeitura promoveu doze trocas na Cultura

RIO - Em meio à crise da pandemia do novo coronavírus, o governo do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, promoveu uma série de trocas de cargos de segundo escalão na secretaria municipal de Cultura e órgãos vinculados à pasta. Foram publicadas no Diário Oficial do Município desta segunda-feira 12 nomeações e 11 exonerações na área.

Entre os novos indicados está David Santana, que concorreu à câmara dos vereadores de Duque de Caxias nas últimas eleições e apoiou a candidatura à prefeitura de Crivella. Ele assume a coordenação da pasta de Economia Criativa e da Juventude, da secretaria de Cultura.

Também ocorreram trocas em cargos de gerência e assistencia em departamentos como o de Promoção da Política de Igualdade Racial e Fomento Cultural. Além disso, órgãos vinculados à secretaria de Cultura, como o Instituto da História e da Cultura Afro-brasileira, Centro Municipal de Artes Hélio Oiticica e Arena Jovelina Pérola Negra, também foram alvos das mudanças assinadas pela Casa Civil do prefeito Marcelo Crivella.

Enquanto isso, o secretário municipal de Cultura, Adolpho Konder, foi testado com coronavírus na semana passada ao lado de outros integrantes do primeiro escalão da Prefeitura do Rio.