Em Minas, Zema evita dar tom político ao Sete de Setembro

***ARQUIVO*** BELO HORIZONTE, MG, BRASIL,  8-04-2021,Governador Romeu Zema em seu gabinete. Foto do Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, para entrevista para a Folha de S. Paulo. (Alexandre Rezende/Folhapress)
***ARQUIVO*** BELO HORIZONTE, MG, BRASIL, 8-04-2021,Governador Romeu Zema em seu gabinete. Foto do Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, para entrevista para a Folha de S. Paulo. (Alexandre Rezende/Folhapress)

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O governador Romeu Zema (Novo) evitou dar qualquer tom político ao Sete de Setembro, em Minas Gerais.

Zema, que é candidato à reeleição, sequer discursou no palanque montado para acompanhar o desfile na avenida Afonso Pena, região central da cidade.

Estavam presentes ainda o prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD), e o senador Carlos Viana (PL), que também é candidato ao Palácio Tiradentes, com apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Viana e Zema se cumprimentaram de forma cordial.

O senador e o prefeito também não discursaram. Participaram do desfile estudantes das redes públicas de ensino da capital, policiais militares, bombeiros e integrantes do Exército.

Zema era o candidato preferido de Bolsonaro em Minas. O governador, porèm, refutou tentativas de aproximação feitas pelo presidente, alegando que o Novo tem candidato ao Planalto.