Em nota, Vasco lamenta decisão do Pleno do STJD sobre partida contra o Internacional: 'Ciente das dificuldades'

·2 minuto de leitura

O Vasco lamentou a decisão do Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva em não conhecer a medida do clube e rejeitar o recurso pela anulação da partida contra o Internacional, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2020. Em nota, o clube ressaltou que por esta ser a primeira vez em que um clube brasileiro recorre sobre negativa do presidente do tribunal em impugnação de partida, não havia jurisprudência sobre o assunto.

A diretoria cruz-maltina questionava o primeiro gol do Internacional na partida, de Rodrigo Dourado. Na ocasião, uma alegada descalibragem do VAR não permitiu a checagem da condição de impedimento ou não do jogador do Colorado. A partida acabou com o placar de 2 a 0 para o time gaúcho.

O clube, que há alguns meses cogitou entrar com ação na Justiça contra a CBF e a Hawk-Eye, operadora do VAR, em caso de insucesso no STJD, afirmou que "analisará cuidadosamente os caminhos a serem seguidos".

Confira o comunicado na íntegra:

Em julgamento realizado nesta quinta-feira (25/03), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu não conhecer da ação do Club de Regatas Vasco da Gama em que o Clube questionou o não funcionamento do VAR (fato incontroverso) no jogo contra o SC Internacional e, portanto, o tribunal não enfrentou o mérito da ação. A maioria dos julgadores entendeu que não cabe revisão da decisão do Presidente do STJD que nega seguimento à impugnação de partida, nos termos sustentados pelo Vasco, muito embora o relator do caso tenha votado por conhecer da ação.

Foi a primeira vez que um clube combateu a decisão do Presidente do STJD que nega seguimento a pedido de impugnação de partida, e por isso não havia jurisprudência sobre o tema no tribunal. Apesar de ciente das dificuldades que seriam enfrentadas, o Vasco lamenta a decisão do STJD, sobretudo por não ter apreciado o mérito de questão inédita no direito pátrio, qual seja, as consequências desportivas do uso de sistema VAR defeituoso em partida oficial de futebol.

Diante do resultado do julgamento, o Vasco informa que analisará cuidadosamente os caminhos a serem seguidos em relação ao tema.