Em nova ação judicial, Prefeitura pede para Lamsa ressarcir usuários da Linha Amarela por cobrança excessiva

RIO - A Prefeitura do Rio entrou com nova ação civil pública, nesta terça-feira, para que a concessionária Lamsa ressarça os usuários da Linha Amarela por cobrança de tarifa de pedágio excessiva. A informação foi divulgada nesta tarde pela Procuradoria Geral do Município (PGM). Na ação, a PGM pede ainda que o pedágio seja liberado em determinadas circunstâncias. Saiba quais são lendo, na íntegra, a matéria.