Em novos trechos de livro, Scottie Pippen volta a atacar Michael Jordan: 'Arruinou o basquete'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O seis vezes campeão da NBA nos anos 1990 Scottie Pippen voltou a fazer críticas ao ex-compnaheiro de Chicago Bulls, Michael Jordan. Em novos trechos divulgados do seu novo livro, "Unguarded", o ex-jogador diz que Jordan "arruinou o basquete".

"Nos anos 80, nos parques, você poderia ver todo mundo movendo a bola, passando ela para ajudar o time. Isso acabou nos anos 90", escreve Pippen em seu livro, publicado nos EUA no último dia 9 de novembro.

"As crianças queriam ser como Jordan, e Jordan não queria passar a bola, não queria pegar rebotes ou proteger o melhor jogador — ele queria tudo feito para ele", continua.

Na mesma obra, Pippen chama Jordan de 'hipócrita' e 'insensível' e reacende polêmica sobre o documentário "The Last Dance" — sobre os anos vitoriosos dos Bulls.

O ex-atleta da NBA afirma que ele e Jordan nunca foram amigos, ao contrário do que se acreditou por anos entre os fãs: "Não somos próximos e nunca fomos".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos