Em obra, Big Ben sairá do silêncio para marcar Ano Novo e Brexit

·1 minuto de leitura
Big Ben está em obras desde 2017, sendo usado apenas para condições especiais

Big Ben, nome popular pelo qual é conhecido o imenso sino localizado na torre norte do Parlamento britânico, atualmente em obras, romperá seu silêncio para a virada do ano e aproveitará para marcar o momento final do Brexit.

Na noite de 31 de dezembro, o relógio tocará as tradicionais 12 badaladas da meia-noite.

Também será tocado, para testar o mecanismo há muito tempo parado, às 23h locais (20h em Brasília), horário oficial de encerramento do período de transição pós-Brexit, anunciou o Parlamento britânico nesta quinta-feira (17).

O Reino Unido deixou a União Europeia oficialmente em 31 de janeiro de 2020. Neste período de transição, continuou aplicando as regras europeias, enquanto negociava sua futura relação comercial com os 27 - negociações que ainda não deram resultado, apesar do pouco tempo restante.

Concluída em 1859, a Elizabeth Tower do Palácio de Westminster está sendo restaurada desde 2017. Por isso, os britânicos raramente ouvem o Big Ben tocar. A última vez foi em 11 de novembro, por ocasião do armistício da Primeira Guerra Mundial.

Apesar dos esforços dos mais fervorosos defensores do Brexit, o Big Ben ficou em silêncio em 31 de janeiro.

Hoje, o Parlamento britânico disse que o famoso sino de 13,7 toneladas tocará 12 vezes à meia-noite para marcar o Ano Novo. E, para testar o mecanismo, também soará intermitentemente nos dias 29 e 30 de dezembro e a cada hora no dia 31 de dezembro, inclusive às 23h.

Devido à pandemia do coronavírus, os fogos de artifício que costumam reunir dezenas de milhares de pessoas todos os anos às margens do Tâmisa foram cancelados.

Um festival nacional está planejado para 2022 para celebrar a plena separação do país da UE.

pau-acc/zm/tt