Em partida definida nos detalhes, Brasil garante bronze na Copa do Mundo de Futsal

·1 minuto de leitura

Já conformado que não seria possível um oitavo título, após uma derrota para a Argentina na semifinal, no último dia 29, o Brasil encarou o Cazequistão na tentativa de, ao menos, subir no terceiro lugar do pódio. E conseguiu. Após uma partida acirra, com ambas seleções alternando a frente do placar, a equipe treinada por Marquinhos Xavier garantiu o bronze na Copa do Mundo de Futsal de 2022.

Após um ciclo comprometido, o Brasil encerrou a campanha no torneio, cuja edição ocorreu na Lituânia, com um título que faz jus ao momento do esporte no país.

A partida em si foi instável, com um primeiro tempo terminando em 1 a 0 para os rivais, que, apesar do placar favorável, também não estavam em tanta sincronia. Vide o momento mais peculiar do jogo: Taynan, fixo brasileiro naturalizado cazaque, marcou um gol contra para a seleção brasileira.

Depois, a sequência continuou não amigável. Gadeia fez um gol que, em seguida, foi anulado e os cazaques marcaram o segundo.

Mais para frente, perto do fim, o Brasil virou o jogo, com gols de Rodrigo, Ferrão e Lé.

Essa vitória marcou a segunda ocasião em que a seleção brasileira arrematou a bronze. A primeira foi em 2004, na edição que ocorrer em Taiwan.

O ouro e a prata serão decididos ainda hoje, na partida entre Argentina e Portugal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos