Em Portugal, árbitra mostra primeiro cartão branco no futebol; entenda

A árbitra Catarina Branco entrou para a história do esporte ao mostrar pela primeira vez um cartão branco dentro de campo. A iniciativa não tem como objetivo punir os atletas ou comissão, como funciona o amarelo e vermelho, e sim reconhecer o fair play no futebol. O ocorrido aconteceu durante a partida entre Benfica e Sporting pela Taça de Portugal Feminina.

No final do primeiro tempo, os médicos das duas equipas foram "advertidos" depois de terem socorrido rapidamente uma pessoa que desmaiou nas arquibancadas. O Estádio da Luz, palco do jogo, também quis agradecer a ajuda e de pé aplaudiu calorosamente a assistência médica do Benfica e do Sporting de Lisboa.

O cartão branco foi aprovado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em 2018 para premiar o jogo limpo e as boas atitudes numa partida, tanto dentro de campo como nas arquibancadas.

Esta iniciativa promovida pelo Plano Nacional de Ética no Desporto de Portugal serve para “reconhecer os comportamentos corretos em campo, aplicando-se a jogadores, treinadores e também adeptos”, explicou a FPF ao anunciar a criação do cartão branco.

Mais de 15 mil torcedores prestigiaram a vitória do Benfica sobre o Sporting por 5 a 0, no último sábado. Com o resultado, a equipe avançou às semifinais e agora enfrenta o Famalicão nos dias 15 de março e 30 de abril.