Em Portugal, peregrinos voltam a Fátima sem restrições após dois anos de pandemia

Após dois anos de pandemia, o Santuário de Fátima, em Portugal, volta a receber peregrinos sem restrições sanitárias a partir desta quinta-feira (12). O centro religioso espera receber milhares de católicos vindos de todo o mundo para a celebração de Nossa Senhora de Fátima. O evento é um dos principais motores do turismo no país.

Na manhã desta quinta, mais de cem grupos organizados já haviam chegado ao Santuário de Fátima para acompanhar as missas e eventos do dia, de acordo com a agência Lusa. É esperada a passagem de milhares de peregrinos pelo santuário até sexta-feira (13).

A peregrinação deste ano marca o retorno, sem restrições sanitárias, das celebrações à primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima, segundo a crença católica. Em 2020, a comemoração do 13 de maio foi realizada sem fiéis no Santuário por conta da pandemia de Covid-19. No ano passado, foram apenas 7.500 lugares disponíveis.

Neste ano, a expectativa é de que o centro religioso volte a receber a mesma onda de turistas de anos anteriores. Em 2019, o santuário acolheu 6,3 milhões de visitantes ao longo do ano.

Nesta quinta, milhares de pessoas caminhavam pelas rotas que levam ao santuário vindas do norte do país, do sul e de Nazaré. Os peregrinos, que vêm de todo o mundo, fazem jornadas que podem levar até 17 dias de caminhada no território português.

No meio do caminho, voluntários oferecem água, lanche e massagem. A quantidade de pessoas surpreendeu os assistentes, que esperavam um afluxo menor de peregrinos após dois anos de parada.

"A verdade é que não esperávamos tanta gente", admite Augusto Pinto Osório, chefe de um dos postos de acolhida, em entrevista ao jornal português Diário de Notícias.


Leia mais

Leia também:
França e OMS pressionam China por causa de estragégia de Covid zero
Covid: Máscara deixa de ser obrigatória em aeroportos e aviões da União Europeia
Dois anos após início da pandemia, Paris volta a ter pontos turísticos lotados de estrangeiros

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos