Em primeira manifestação após derrota do pai, Flávio Bolsonaro fala em 'erguer a cabeça' e 'não desistir'

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) publicou na tarde desta terça-feira uma mensagem afirmando que os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) devem "erguer a cabeça" e não podem "desistir do Brasil". Foi sua primeira declaração após a derrota de seu pai para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição presidencial.

Lauro Jardim: Bolsonaro diz a ministros que não contestará o resultado e não vai parabenizar Lula

Malu Gaspar: A briga de Michelle e Carlos Bolsonaro, que deu o unfollow na primeira-dama no Instagram do pai

Flávio, que atuou como coordenador da campanha à reeleição do pai, também agradeceu os votos que ele teve, ressaltando que foi "a maior votação de sua vida".

"Obrigado a cada um que nos ajudou a resgatar o patriotismo, que orou, rezou, foi para as ruas, deu seu suor pelo país que está dando certo e deu a Bolsonaro a maior votação de sua vida! Vamos erguer a cabeça e não vamos desistir do nosso Brasil! Deus no comando!", escreveu o senador no Twitter.

Bela Megale: Quieto e abatido, Bolsonaro é aconselhado a acelerar pronunciamento sobre vitória de Lula

Até o momento, Bolsonaro não se manifestou sobre a vitória de Lula, confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na noite de domingo.

Na manhã desta segunda-feira, Bolsonaro reuniu-se com ministros e com o vice em sua chapa, Walter Braga Netto, no Palácio do Planalto. Mais de 20 horas após a confirmação da vitória de Lula, o presidente ainda discute como e quando fará um pronunciamento.

'Cadê o Bolsonaro?': Silêncio do presidente após resultado das eleições rende memes na web

Aliados que conversaram com Bolsonaro no domingo e na manhã desta segunda-feira dizem esperar um reconhecimento da derrota ainda nesta segunda, mas afirmam não poder assegurar quando isso ocorrerá.