Em processo contra Musk, Twitter usa tuítes do bilionário para alegar rompimento de acordo

A desistência do Elon Musk de comprar o Twitter chegou nesta terça-feira aos tribunais, depois que a empresa foi à Justiça exigir que o bilionário cumpra o acordo para a aquisição da empresa por US$ 44 bilhões. No processo, de 62 páginas, os advogados da plataforma usam como argumento um recurso que era uma marca de Musk: seus tuítes.

Twitter: Veja a cronologia da negociação até o acordo de compra da plataforma por Elon Musk

Uber Files': 'Vendemos uma mentira', diz ex-lobista do Uber que vazou milhares de documentos da empresa

O bilionário, que tem mais de 100 milhões de seguidores no Twitter, sempre usou a rede social para postar comentários sobre seus negócios - muitas vezes influenciando o comportamento das ações, no que já foi alvo até de investigações pelas autoridades regulatórios americanas.

Agora, o Twitter usa os tuítes de Musk para argumentar que o empresário violou o acordo. E lista nada menos do que 13 posts do bilionário, começando com sua primeira insinuação sobre a empresa, quando escreveu "Love me tender" ( numa referência à clássica canção de Elvis Presley e que, em português, significa “ame-me com ternura”).

O processo inclui também o polêmico post com o emoji de cocô, quando Musk respondeu a um comentário do CEO do Twitter, Parag Agrawal, que então justificava como a empresa estima o número de usuários falsos na plataforma - as contas "robôs" foram o pretexto do bilionário para desistir do negócio. Na época, Musk tuitou: "Se nossa proposta pelo Twitter for bem-sucedida, derrotaremos os bots de spam ou morreremos tentando!''

Análise: Como fica o futuro do Twitter sem Elon Musk

Entenda: Por que as contas fakes são a principal preocupação do Musk no Twitter?

Os advogados do Twitter afirmam ainda que precisam de apenas quatro dias para provar que o homem mais rico do mundo tem que honrar seu acordo e comprar a plataforma pagando o valor originalmente proposta de US$ 54,20 por ação da empresa.

Veja a seguir a sequência de tuítes postados pelo bilionário (em inglês):

No dia 11 deste mês, Musk postou memes no Twitter em resposta à informação de que a rede social se preparava para processá-lo e forçá-lo a concluir a aquisição de US$ 44 bilhões da empresa.

E finalmente, após a apresentação do processo, na teça-feira, dia 12, em resposta à medida tomada pela operadora da rede social, Musk tuitou “Oh, que ironia lol” . Confira abaixo o post:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos