Em protesto virtual, brasileiros compartilham pôsteres de seus filmes nacionais favoritos

RIO - Com o nome de "Ancine sem filme e sem cartaz'", uma campanha do coletivo de cineastas Filma Rio fez com que pessoas compartilhassem os pôsteres de seus filmes nacionais favoritos.

A campanha foi divulgada nas redes após o colunista do GLOBO Ancelmo Gois noticiar que a direção da Agência Nacional do Cinema (Ancine) ordenou a retirada de cartazes de filmes brasileiros que decoravam os corredores da entidade pública, sediada no Rio de Janeiro.

Os mais de cem quadros eram trocados regularmente, para contemplar os lançamentos nacionais. A "limpeza" também ocorreu no site da Ancine, que não exibe mais as estreias do cinema brasileiro.

Confira, abaixo, alguns dos filmes mais compartilhados pelo público nas redes sociais.