Em quarentena, rainha Elizabeth II usa Skype e FaceTime para manter contato com a família

Isolada no Castelo de Windsor desde a semana passada, a rainha Elizabeth II, que está acompanhada de seu marido, o príncipe Philip, está mantendo contato com sua faília por meio de aplicativos como FaceTime e Skype. O distanciamento social ocorreu depois que um membro do Palácio de Buckingham para a Covid-19.

Mesmo em quarentena, segundo o jornal britânico "The Mirror", a rainha e o governo estão trabalhando para fornecer "tranquilidade" ao país. A intenção é que a monarca faça um discurso televisionado em breve "elevar o moral da nação".

Monitoramento diário

Em entrevista à revista "Tatler", Anna Hemming, da Clínica Cranley, que atuou durante sete anos como médica residente da família real, disse que os membros da realeza britânica serão monitorados diariamente por uma equipe médica durante a pandemia do novo coronavírus. Elizabeth II e Philip, de 86, são as maiores preocupações."Estão claramente no grupo de alto risco", afirmou Anna. "Acredito que a família conversará todos os dias com os médicos e tomará todas as precauções razoáveis, principalmente o duque de Edimburgo, o mais frágil da família", emendou a médica. Ela acrescentou ainda que todos que vivem no palácio receberam a orientação de se autoisolarem caso desenvolvam qualquer sintoma.