Em reação a vídeos de Frejat e Menescal, Paes diz ser 'fake news' ter autorizado construir prédios no Parque da Catacumba

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO — O prefeito Eduardo Paes afirmou nesta quinta-feira que a prefeitura não autorizou a construção de prédios no Parque da Catacumba, na Lagoa, Zona Sul do Rio. Nas redes sociais, Paes postou vídeos em que os músicos Frejat e Roberto Menescal convocam a população para protestar contra o suposto aval do município para o projeto.O prefeito afirmou se tratar de uma fake news.

No vídeo que circula nas redes, o músico Roberto Menescal convoca a população a se manifestar e diz que o projeto já foi aprovado pelo município. O parque é uma área de proteção ambiental com quase 27 hectares e foi reflorestada na década de 1970. :

"Estou aqui protestando contra a construção em uma área de proteção ambiental no Parque da Catacumba no Rio de Janeiro. É um projeto aprovado pela prefeitura e é um empreendimento de três blocos na área de reserva ambiental no Parque da Catacumba. Além de perigoso por causa de deslizamento, é inadmissível, pois é uma área nossa é nosso verde é o Rio de Janeiro, nosso cartão postal. Vamos ficar de olho e vamos protestar" diz trecho do vídeo.

Também pelas redes sociais, o prefeito Eduardo Paes afirma que a prefeitura negou a licença para a obra e a única autorizada no local é uma intervenção da GeoRio, em uma área em que 2019 ocorreu um deslizamento. Paes ainda publicou um vídeo em que Chicão Bulhões, secretário Desenvolvimento Econômico, pasta resposável pelas licenças, explica ter negado o pedido de construção em agosto:

"Em agosto desse ano a Prefeitura do Rio na verdade indeferiu, ou seja, negou um pedido feito pelos interessados, proprietários de fazer o empreendimento ali próximo ao Parque da Catacumba numa área de proteção ambiental. Inclusive essa negativa foi baseada num parecer da Procuradoria Geral do Município sobre a ilegalidade dessa construção em razão de dispositivos urbanísticos e ambientais. Agora se houver obviamente alguma construção irregular ali e nesse momento nós não temos notícias de que isso esteja acontecendo mas obviamente estamos sempre abertos a receber essas denúncias e atuar firmemente contra ilegais na cidade" afirma Bulhões no vídeo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos