Em rede social, Trump diz que vai restabelecer tarifas sobre aço e alumínio do Brasil e da Argentina

O Globo, com agências
O presidente dos EUA, Donald Trump

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou o Brasil e a Argentina de desvalorizarem propositalmente suas moedas e anunciou, via Twitter, a retomada de tarifas ao aço e ao alumínio dos dois países sul-americanos.

De acordo com o presidente americano, a medida tem efeito imediato.

“O Brasil e a Argentina têm presidido uma desvalorização maciça de suas moedas, o que não é bom para os nossos agricultores. Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todos os aços e alumínio enviados para os EUA a partir desses países”, escreveu Trump na manhã desta segunda-feira.

Trump ainda usou a oportunidade para criticar novamente o Federal Reserve (Fed), o banco central americano.

“O Fed também deve deve agir para que os países, dos quais existem muitos, não se aproveitem mais do nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas. Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportar seus produtos de maneira justa. Taxas mais baixas e afrouxamento - Fed!”, acrescentou.