Em reunião com Fachin, chefe do PL diz que atuará para distensionar relação de Bolsonaro com TSE

Em reunião com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, nesta quarta-feira, o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, afirmou que atuará para distensionar a relação entre o presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pela legenda, e a Corte. Segundo relatos feitos ao GLOBO, Valdemar deixou claro confiar no sistema eleitoral do país.

Pessoas que acompanharam o encontro contaram à reportagem que o clima entre os dois foi amistoso, e possibilitou que o chefe da legenda de Bolsonaro manifestasse ao presidente do TSE o apoio do partido à Justiça Eleitoral. Diante do caráter institucional da conversa, também esteve presente o vice-presidente do PL, Capitão Augusto.

Na reunião, segundo interlocutores, um dos assuntos tratados foi o interesse do partido em participar do processo de fiscalização das eleições dentro dos parâmetros já estabelecidos pela Justiça Eleitoral. A Fachin, Valdemar teria dito que a legenda indicaria nomes de técnicos que colaborarão com os integrantes da agremiação nessa missão.

Uma resolução publicada em 2021 define os procedimentos de inspeção e auditoria do sistema eletrônico de votação e permite que instituições como os partidos políticos, federações e coligações, Ministério Público, Forças Armadas, confederações patronais da indústria, e outros representantes da sociedade possam participar da fiscalização do processo eleitoral.

A reunião entre Valdemar e Fachin ocorre a pouco mais de dois meses para as eleições presidenciais e em meio aos ataques de Bolsonaro ao sistema eleitoral e às urnas eletrônicas. No último dia 18, o presidente fez acusações de fraude sobre as eleições, sem provas, durante uma reunião com embaixadores de diversos países. Essas acusações foram alvo de representações de partidos junto ao TSE e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Este não é o primeiro encontro entre o presidente do TSE e o presidente do PL. Em março, Valdemar foi recebido por Fachin durante uma rodada de encontros com presidentes de partidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos