Congresso derruba veto de Bolsonaro a fundo bilionário para financiamento de campanhas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Prédio do Congresso Nacional em Brasília
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jair Bolsonaro
    38.º presidente do Brasil

BRASÍLIA (Reuters) -O Congresso Nacional derrubou nesta sexta-feira o veto do presidente Jair Bolsonaro ao novo fundo partidário de 5,7 bilhões de reais previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para ser usado no financiamento de campanhas eleitorais do próximo ano.

Na votação da Câmara, os deputados deram 317 votos pela derrubada e 143 votos pela manutenção do veto. Depois, os senadores deram 53 votos contra o veto e 21 pela manutenção. O texto agora seguirá para promulgação.

O PL, partido ao qual o presidente se filiou recentemente, defendeu a derrubada do veto.

No meio do ano, Bolsonaro havia vetado o bilionário novo fundo partidário de 5,7 bilhões de reais, defendendo a medida em nome do "respeito ao povo brasileiro".

(Reportagem de Ricardo BritoEdição de Eduardo Simões)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos