Em um ano, preço da gasolina subiu 43,06%, diz ValeCard

·1 minuto de leitura
A capital do Rio de Janeiro encabeça a lista de valor médio no mês de maio: R$ 6,277.
A capital do Rio de Janeiro encabeça a lista de valor médio no mês de maio: R$ 6,277.

O consumidor final continua pagando caro pela gasolina. Segundo a ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas, o preço da gasolina subiu 43,06% no Brasil em um ano. A capital do Rio de Janeiro encabeça a lista de valor médio no mês de maio: R$ 6,277. As informações são do Estadão Conteúdo. 

Rio Branco (AC) foi outra cidade com alto custo no combustível: a média chegou a R$ 6,268. Em apenas um Estado, Sergipe, o preço médio registrou queda (-0,46%). Depois de uma ligeira alta de 0,18% em abril, o valor da gasolina em maio subiu 1,67% nos postos de abastecimento do país (R$ 5,832). 

Leia também:

Manaus (R$ 5,232) e Curitiba (R$ 5,354) registraram os menores valores. O Rio de Janeiro volta aparecer com preço mais alto em relação as demais capitais (R$ 5,227), tendo o valor do etanol com maior média mensal.

O levantamento da ValeCard mostrou que o etanol tem preço vantajoso apenas no Mato Grosso. A opção só compensa quando o litro do derivado da cana-de-açúcar custar 70% (ou menos) do que o litro da gasolina. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos