Em um mês, transações do Pix movimentaram R$ 78 bilhões

Letycia Cardoso e Patricia Valle
·2 minuto de leitura
Foto: Luiza Moraes / Agência O Globo

Lançado pelo Banco Central no dia 16 de novembro, o Pix já movimentou R$ 78 bilhões. Ao todo, foram 87,5 milhões de transações neste primeiro mês de funcionamento.

E a tendência é de que esses números só aumentem. Na manhã desta quarta-feira, dia 16 de dezembro, o BC pretende divulgar um balanço sobre o primeiro mês de Pix. De acordo com uma pesquisa do Ibope, encomendada pelo C6 Bank, 60% dos brasileiros já preferem o novo sistema de pagamentos aos velhos conhecidos TED e DOC.

Leia também:

Até a última segunda-feira, dia 14 de dezembro, de acordo com dados do Banco Central, 114.483.735 de chaves Pix já haviam sido cadastradas, sendo 109.445.596 delas referentes a pessoas físicas e 5.038.139 a pessoas jurídicas. Como cada usuário ou empresa pode cadastrar várias chaves por conta, os dados não representam o total de indivíduos e organizações que aderiram ao Pix. Assim, nesse primeiro mês de operação, 45.870.399 de usuários pessoa física e 2.938.635 de usuários pessoa jurídica fizeram o cadastro. Confira abaixo outros números.

Veja também:

O Pix permite transferências e pagamentos instantâneos 24 horas por dia, sete dias por semana. A chave Pix é a identificação do usuário e pode ser cadastrada por CPF ou CNPJ, celular, e-mail ou por um código gerado automaticamente pelo sistema.

Balanço do primeiro mês

39.726.670 - É o número de chaves cadastradas com CPF, no total de 114.483.735.

28.661.148 - São as chaves cadastradas com códigos aleatórios.

25.617.723 - É a quantidade de chaves cadastradas com o número de celular do usuário.

17.993.724 - São as chaves feitas com e-mail.

2.484.470 - São as chaves com CNPJ.

87,5 milhões - É a quantidade de transações via Pix neste primeiro mês.

R$ 78 bilhões - Foi o valor movimentado pelas operações.