Aras: 'necessidade de distanciamento entre os poderes'

Em um vídeo divulgado em seu canal do Youtube, Augusto Aras saiu do muro e se posicionou sobre o sistema eleitoral brasileiro três dias após o ataque de Jair Bolsonaro em uma reunião com embaixadores no Palácio da Alvorada.

Sem mencionar o nome do presidente, o procurador-geral da República falou da “necessidade de distanciamento, independência e harmonia entre os poderes”.

Ele disponibilizou a gravação de uma entrevista com jornalistas em que se posiciona a favor do sistema eleitoral brasileiro.

A gravação, que tem pouco mais de cinco minutos, começaa com um texto que diz: "as instituições existem para intermediar e conciliar os sagrados desejos do povo, reduzindo a complexidade das relações entre governantes e governados".

Em seguida, o procurador aparece concedendo entrevista a correspondentes estrangeiros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos