Em vídeo, Lula diz que 'poderia ter fugido, mas não quis'

Reprodução

Em vídeo divulgado neste domingo nas redes sociais, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva diz que “poderia ter fugido” e buscado abrigo em países vizinhos, mas “não quis” para provar sua inocência.

A mensagem foi gravada na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, antes de Lula se entregar no dia 7 de abril e ser transferido para a sede da Polícia Federal em Curitiba.

“Eu estive na divisa do Paraguai como Brasil. Estive em Foz do Iguaçu, vizinho do Uruguai e Argentina. Eu poderia ter ido para embaixada, mas eu não quis fugir, porque quem é inocente não corre, enfrenta”, afirmou.

No vídeo, Lula explica que aceitou o cumprimento do mandado de prisão porque não tem “medo das denúncias”. “Sou inocente e não sei se meus acusadores são inocentes”, disse.

Em outro trecho, o petista afirma que há “políticos que não têm honra e não se defendem”, mas este não seria o caso dele.”Eu tenho muita honra e quero me defender. Por isso eu estou muito tranquilo.”

Por fim, o petista disse que estava indo a Curitiba para ver o que queriam o juiz Sergio Moro e procurador Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Lava Jato.

“(Quero) saber se eles estão dispostos a discutir comigo e debater publicamente os processos, porque quero provar que eles estão mentindo a meu respeito.”