Em vídeo, PM agride mulher durante abordagem no Paraná

·2 min de leitura
Imagens registraram mulher sendo agredida por PM no Paraná - Montagem/Reprodução/Instagram
Imagens registraram mulher sendo agredida por PM no Paraná - Montagem/Reprodução/Instagram
  • Um policial militar foi flagrado agredindo uma mulher durante uma abordagem em Curitiba

  • O agente derruba a jovem, imobiliza-a no chão e acerta a boina do uniforme na cabeça dela

  • A mulher é dona de uma hamburgueria que foi fechada pelos policiais por estar superlotada

Um policial militar foi flagrado agredindo uma mulher durante uma abordagem em Curitiba, na última sexta-feira (22). Em imagens publicadas nas redes sociais, é possível ver o momento em que o agente derruba a jovem, imobiliza-a no chão e acerta a boina do uniforme na cabeça dela.

Stephany Rodrigues é dona de uma hamburgueria que foi fechada pelos policiais, segundo ela, por estar com a ocupação acima da capacidade permitida por decreto municipal. O local foi multado em R$ 30 mil pelo descumprimento da medida e por não oferecer álcool em gel.

Em entrevista à RPC, afiliada da Globo no Paraná, o militar responsável pela operação, capitão Ronaldo Goulart, justificou que o policial teve um atitude "instintiva" ao acertar a boina na mulher pois ele estava "sendo ofendido, agredido fisicamente e na tentativa de ser mordido", e que a medida foi a forma "menos lesiva".

Segundo o capitão, a mulher deu um tapa no rosto de um policial após receber voz de prisão por desacato e que foi preciso uso de força. Os ferimentos teriam sido causados por ela própria ao se debater no chão.

Stephany alegou ter ido até os policiais após os agentes tirarem a força um rapaz de dentro da própria casa. A PM afirmou que ele desacatou os policiais enquanto fumava narguilé. Ela filmou a ação afirmando que "tinham passado dos limites" e exigiu que eles usassem máscara, item obrigatório de acordo com o decreto municipal.

As imagens também mostram o momento em que um dos policias derruba o celular da jovem. Ela começa uma discussão e xinga os policiais, quando um deles a joga no chão.

Stephany foi levada para o Fórum da Cidade Industrial de Curitiba e assinou termo circunstanciado por desacato. Ela afirmou que foi a primeira vez que o estabelecimento foi multado e que estava funcionando corretamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos