Em visita à fronteira EUA-México, Kamala Harris defende soluções práticas para imigração

·1 minuto de leitura
Kamala Harris em El Paso, no Texas

Por Nandita Bose

EL PASO, EUA (Reuters) - A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, visitou uma instalação de patrulha perto da fronteira EUA-México na sexta-feira e pediu foco nas crianças e em soluções práticas para a imigração, em uma viagem para conter as críticas dos republicanos às políticas de imigração da Casa Branca.

A visita - a primeira desde que se tornou vice-presidente há cinco meses - ocorreu em meio a um aumento do número de imigrantes flagrados cruzando a fronteira, o que gerou indignação entre os republicanos que defendem as políticas de imigração mais rígidas implementadas pelo ex-presidente Donald Trump.

O presidente Joe Biden, um democrata, encarregou Kamala Harris de liderar a gestão de seu governo no tema mais amplo de pessoas que fogem de países da América Central para os Estados Unidos. Ela visitou a Guatemala e o México neste mês.

"Esta questão não pode ser reduzida a uma questão política. Estamos falando de crianças, estamos falando de famílias, estamos falando de sofrimento. E nossa abordagem tem que ser cuidadosa e eficaz", disse Kamala na conclusão de sua curta viagem.

As autoridades dos EUA fizeram mais de 1 milhão de prisões de imigrantes na fronteira EUA-México até agora no ano fiscal de 2021, de acordo com números preliminares compartilhados com a Reuters.

A imigração, e particularmente a chegada de pessoas buscando asilo na fronteira sul dos Estados Unidos, tem sido uma questão polêmica por décadas. Várias tentativas de reformar as leis dos EUA e criar um caminho para a cidadania para os milhões de imigrantes que vivem ilegalmente no país fracassaram no Congresso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos