Emanuelle Araújo fala sobre cenas picantes em nova série e do apoio do marido: 'Adora me ver brilhar'

Emanuelle Araújo começou o ano com tudo após a estreia de "Olhar indiscreto", série da Netlfix que estrela junto com Débora Nascimento. Em entrevista ao site, a atriz e cantora comenta a repercussão do novo trabalho e diz não haver tabu em relação às cenas de sexo de que participa:

— Isso para mim não é uma preocupação. Interessa para mim contar uma história bem contada. Se para isso tenha que existir uma trama que envolva essa parte sexual e ela tenha coerência com o conteúdo, para mim tudo bem. Acho que um ator não tem que estar preocupado exatamente com a forma como ele vai estar exposto. Minha preocupação é com o que vou fazer para que você acredite na minha personagem.

Entrevista: Giovanna Lancellotti fala de cenas quentíssimas com Leandro Lima em novo filme: 'Vulnerabilidade extrema'

'Todas as flores': Heloísa Honein se diz 'envergonhada' com cenas de sexo como Brenda

A atriz interpreta Cleo, uma prostituta de luxo. Para viver a personagem, Emanuelle precisou fazer um profundo mergulho no mundo do fetichismo e do BDSM, sigla em inglês que denomina o conjunto de práticas de bondage (prática sexual em que um dos parceiros está amarrado), disciplina, dominação e submissão, sadomasoquismo e outros:

— Essa parte foi muito importante porque a Cleo de fato vive esse universo. Para mim foi necessário pesquisar tudo isso não só para as cenas sexuais, mas porque, mesmo vestida, encontrando pessoas no meio da rua, ela exala isso. Mas não é só sobre essa parte. Para mim o grande desafio era contrapor essa mulher tão livre sexualmente e tão aprisionada psicologicamente.

Ela conta também sobre suas conclusões após desvendar o universo do BDSM:

— Percebi que a gente estereotipa muito as coisas. Tem muita gente que frequenta o universo sexual profundo e leva uma vida completamente normal. É uma questão de escolha.

Este não é o primeiro trabalho em que a atriz explora seu lado sensual. Em "Gabriela" (2012), por exemplo, isso aconteceu com frequência. Mas, desta vez, a principal novidade foi a atuação de uma coordenadora de intimidade no set. Emanuelle explica como foi a interação com a norte-americana Barbara Harrington, que trabalha há 30 anos como roteirista e preparadora de elenco:

— Ela é uma profissional incrível, é uma mestra dentro dessa nova profissão. Tem todo um embasamento, um estudo. Nunca entendi por que não existia esse coordenador da parte sexual, porque pra mim é a mesma coisa de uma cena de briga, que você tem coreografar. Essa novidade eu recebo como algo imprescindível. Adorei.

A atriz, que se casou no ano passado com o modelo e fotógrafo Fernando Diniz, afirma que o marido a acompanhou durante todo o processo de seis meses em que ela ficou mergulhada na construção da personagem:

— Um grande ponto do meu casamento é que meu companheiro adora me ver brilhar. E isso já é uma grande característica do companheirismo. Ele só me dá estímulo e força para brilhar em qualquer trabalho.