Embaixada do Brasil acompanha buscas por estudante desaparecido na Nova Zelândia

O instrutor Bryce Jourdain, estudante brasileiro Felipe Melo e o amigo Stephen Gedye, estão desaparecidos.(Div …Brasília - A Embaixada do Brasil na Nova Zelândia informou hoje (9) ao Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, que as autoridades neozelandesas intensificaram as buscas pelo estudante brasileiro e mais dois desaparecidos na região do Parque Paritutu, em New Plymouth.

O estudante de intercâmbio Felipe Melo, de 17 anos, e um amigo caíram anteontem (7) de um penhasco que leva a uma praia, um instrutor tentou resgatá-los, mas também está desaparecido. Há relatos de que o acidente ocorreu durante um passeio em grupo no Parque Paritutu.

As autoridades da Nova Zelândia afastam a possibilidade de os três desaparecidos serem encontrados com vida. Mas em comunicado, emitido pela Embaixada do Brasil no país, diz que ainda há esperança. “Nós temos fé e esperança que serão encontrados vivos”, diz o texto. “A embaixada tem seguido o caso desde o começo e está em permanente contato com as autoridades e a família do brasileiro.”

De acordo com a embaixada, as autoridades neozelandesas “estão fazendo o melhor” nas buscas pelos desaparecidos. As buscas são acompanhadas não só pelas autoridades brasileiras, como também por parentes e amigos do estudante brasileiro.

A área na qual está localizada o Parque Paritutu é considerada uma das regiões de beleza natural mais ricas da Nova Zelândia. No local, houve um vulcão ativo há mais de 2 milhões de anos.

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias