Embaixador russo diz que trabalho de missão nos EUA está bloqueado, informa RIA

·1 min de leitura
Embaixada russa em Washington, nos EUA

(Reuters) - O funcionamento da embaixada russa em Washington está "bloqueado", com suas contas bancárias fechadas e funcionários recebendo ameaças, disse a agência de notícias estatal RIA, citando o embaixador Anatoly Antonov neste domingo.

"A embaixada está basicamente bloqueada por entidades governamentais dos Estados Unidos. As contas de nossos dois consulados em Houston e Nova York foram fechadas pelo Bank of America", disse Antonov, segundo a RIA.

"Recebemos ameaças tanto por telefone quanto por cartas... Em determinado momento, até a saída da embaixada foi bloqueada", acrescentou.

A Rússia e os EUA estão envolvidos numa disputa sobre o tamanho e o funcionamento de suas respectivas missões diplomáticas desde muito antes de o presidente Vladimir Putin lançar o que ele chama de "operação militar especial" na Ucrânia, em 24 de fevereiro.

Desde então, as embaixadas russas na Europa também passaram a ser pressionadas e mais de 300 funcionários russos foram expulsos das capitais europeias, levando Moscou a expulsar diplomatas estrangeiros em resposta.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos