Embaixador sul-coreano solta a voz e canta o 'hino' do karaokê nacional: 'Evidências', de Chitãozinho e Xororó

·2 minuto de leitura

RIO — O novo embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Lim Ki-mo, soltou a voz num karaokê ao cantar "Evidências", eternizada nas vozes de Chitãozinho e Xororó, surpreendendo seus convidados, entre eles alguns deputados, num evento pelo feriado Chuseok, o dia de ação de graças sul-coreano, realizado nesta terça-feira, dia 21, em Brasília.

O GLOBO apurou que, interessado em conhecer mais sobre a música brasileira, Lim acabou gostando bastante dessa canção, composta por José Augusto e Paulo Sérgio Valle em 1989, que é até hoje um fenômeno, muitas vezes citada como uma espécie de "hino" nacional nas performances de karaokê.

Embora a apresentação ao vivo tenha sido presenciada por poucas pessoas, a cena, registrada em vídeo, acabou agradando internautas e vem repercutindo nas redes sociais.

No mesmo evento, Lim, que assumiu seu cargo em julho deste ano, também aproveitou para cantar outro sucesso nacional: "Garçom", de Reginaldo Rossi.

Tais momentos de descontração fizeram parte da celebração de um dos feriados mais importantes na Coreia do Sul, comemorado por três dias, que variam anualmente, pois seguem o calendário lunar. As datas têm relação com a época da colheita e, neste ano, caíram em 20, 21 e 22 de setembro.

Na Coreia do Sul, faz parte da tradição os parentes se reunirem para refeições, falarem pelo que são gratos e homenagearem seus antepassados ao visitarem seus túmulos. Nessa prática, segundo o portal da Organização de Turismo da Coreia, do Ministério da Cultura, são ofertados pratos de arroz recém-colhido, álcool e songpyeon (bolos de arroz de meia-lua), um dos alimentos mais significativos — preparado com pó de arroz amassado e preenchido com sementes de gergelim, feijão, feijão vermelho, castanhas ou outros ingredientes. Reza a lenda que a pessoa que preparar um songpyeon de boa aparência terá um casamento feliz e um bebê bonito. Outras comidas típicas dessa época são as panquecas levemente fritas chamadas jeon, feitas com peixe, carne e legumes.

Assim como Lim, os coreanos também reservam um momento para se divertirem. As práticas mais comuns envolvem o samulnori (quarteto de percussão tradicional), talco (dança da máscara), ganggangsullae (dança do círculo coreano) e ssireum (luta tradicional coreana), em que as mulheres usam o hanbok (vestes tradicionais).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos