Embraer testa no Rio rotas para "carro voador elétrico"

·2 min de leitura
White self-driving passenger drone flying in the sky. 3D rendering image.
Um dos modelos imaginados para o carro voador (Getty Images)
  • Objetivo é chegar ao Aeroporto do Galeão não mais pelas ruas, mas pelo ar;

  • Cidade escolhida para testes será o Rio de Janeiro, por conta de seu trânsito;

  • Trajeto será entre a Barra da Tijuca, na zona oeste, e o Aeroporto do Galeão, na zona norte; 

Depois dos testes feitos com carros voadores na China e com motos voadoras no Japão, é a vez do Brasil fazer seus testes com carros voadores. Nesta última segunda-feira (8), A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, começou a testar uma rota para um futuro veículo apelidado de “carro voador elétrico“. A cidade escolhida para o início dos testes foi o Rio de Janeiro, uma das cidades que mais sofrem com congestionamentos no mundo, segundo a CNN Brasil. 

Leia também:

O objetivo é experimentar como chegar até o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), não mais pelas ruas sujeitas aos grandes engarrafamentos cariocas, mas pelo ar. O simulado de Mobilidade Aérea Urbana (UAM) será feito no trecho entre a Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade, e a Zona Norte, onde fica o aeroporto.

Como serão os testes

Neste momento de testes, por ora, será utilizado um helicóptero convencional. No entanto, em breve, a operação será realizada com uma aeronave elétrica de pouso e decolagem vertical (Evtol), conhecida no mercado como EVA (Eletric Vertical Aircraft), ou propriamente como “carro voador”. Segundo a revista IstoÉ Dinheiro, toda a operação será acompanhada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo.

A simulação do trecho em questão vai ocorrer durante um mês, com seis voos diários, a um custo mais acessível comparado à operação convencional de táxi aéreo na cidade, com os preços das passagens estando na faixa entre R$99,99 a R$599,99, a depender do dia e horário do voo, segundo informações da CNN Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos