Emmy Internacional: Globo tem quatro das cinco produções brasileiras que concorrem aos prêmios

·4 min de leitura

Cinco produções brasileiras — quatro da Globo e uma da Netflix — concorrem ao Emmy Internacional na noite desta segunda-feira (22). A cerimônia acontece presencialmente em Nova York a partir das 21h e entre os apresentadores estão Angélica, Luciano Huck e o jornalista correspondente da TV Globo Felipe Santana. A cerimônia poderá ser acompanhada pelo site oficial do Emmy e pelo perfil do Twitter.

Abrangendo 24 países, são 44 indicações que se dividem em 11 categorias. Estão no páreo a novela "Amor de Mãe", na categoria melhor telenovela, a série multiplataforma "Diário de um Confinado", na categoria melhor programa curto , a minissérie original Globoplay "Todas as Mulheres do Mundo", em melhor melhor minissérie e o documentário original Globoplay "Cercados", na categoria melhor documentário, além de "Emicida: AmarElo - É Tudo Pra Ontem", da Netflix, na categoria programação artística.

Considerado o evento mais importante do mercado televisivo, o prêmio reconhece a excelência de produções feitas exclusivamente para TV fora dos Estados Unidos, além de conteúdo de língua não inglesa produzido para a TV americana. A Globo já recebeu 18 troféus — entre eles, Fernanda Montenegro recebeu o prêmio de melhor atriz por "Doce mãe".

Entre os outros concorrentes estão produções da da Argentina, Bélgica, Canadá, Chile, China, Colômbia, Egito, França, Índia, Israel, Japão, Líbano, México, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Cingapura, Coreia do Sul, Espanha, Tailândia , Reino Unido e Estados Unidos.

Ao lado do trio de apresentadores brasileiros, estarão atores como o britânico Chiké Okonkwo, os americanos Danielle Moné Truitt, Brian d’Arcy James, Piper Perabo, Aidan Quinn, Vanessa Williams e Wilson Cruz, os canadenses Emeraude Toubia e Joshua Jackson, o escocês Brian Cox, além do rapper americano Method Man.

Conheça as produções brasileiras

'Amor de Mãe'

Tendo a maternidade como tema central, a obra conta a história de Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Taís Araújo), mulheres que vivem plenamente a maternidade e que, apesar das diferenças que as separam, têm suas vidas entrelaçadas pelos destinos dos filhos.

Produzida totalmente de forma remota pela equipe dos Estúdios Globo, a série faz uma crônica bem-humorada do dia a dia de Murilo (Bruno Mazzeo), um homem trancado em seu apartamento, durante o isolamento social imposto pela Covid-19.

Comédia romântica que, a cada episódio, narra uma história de amor vivida por Paulo (Emilio Dantas), um arquiteto morador de Copacabana. A produção, uma homenagem à obra do dramaturgo Domingos Oliveira, traz reflexões filosóficas sobre a vida, o amor e a morte com um humor inteligente e refinado, características marcantes do universo de Domingos.

Produzido pelo Jornalismo da Globo, "Cercados" mostra os desafios da cobertura da imprensa no primeiro ano da pandemia de Covid-19 no Brasil. São registros de hospitais lotados, cemitérios beirando o colapso, a movimentação na área de imprensa do Palácio da Alvorada, além das reuniões de pauta de grandes veículos de comunicação do país.

'Emicida: AmarElo – É Tudo Pra Ontem'

Uma produção original Netflix, o documentário mostra os bastidores e gravação do show do rapper Emicida no Theatro Municipal de São Paulo. O ativista celebra o legado da cultura negra brasileira, msturando reparação histórica, uma análise sociológica e uma autobiografia.

Confira todos os indicados

Melhor programação artística

Emicida: AmarElo – É Tudo Pra Ontem (Brasil)

Kubrick By Kubrick (França)

Nakamura-ya family 2020 Mattemashita! Kankuro Shichinosuke Shiren to Kassai no Makuake SP (Japão)

Romeo and Juliet: Beyond Words (Reino Unido)

Melhor comédia

Call My Agent (França)

Motherland: Christmas Special (Reino Unido)

Promesas de Campaña (Colômbia)

Vir Das: For India (Índia)

Melhor documentário

Cercados (Brasil)

Hope Frozen: A Quest to Live Twice (Tailândia)

They Call Me Babu (Holanda)

Toxic Beauty (Canadá)

Melhor drama

Aarya (Índia)

El Presidente (Chile)

Tehran (Israel)

There She Goes (Reino Unido)

Melhor reality/programa sem roteiro

Da’s Liefde! (Bélgica)

I-Land (Coreia do Sul)

¿Quién Es La Máscara? (México)

The Masked Singer (Reino Unido)

Melhor programa curto

Diário de um Confinado (Brasil)

Beirut 6:07 (Líbano)

Gente Hablando (Espanha)

INSiDE (Nova Zelândia)

Melhor programa exibido nos EUA em outro idioma

21st Annual Latin Grammy Awards

A Tiny Audience

Covid-19 – Adaptarmos o Morir

Premio Lo Nuestro 2020

Melhor telenovela

Amor de Mãe (Brasil)

Quer o Destino (Portugal)

The Song of Glory (China)

Wo De Nv Xia Luo Ming Yi (Singapura)

Melhor performance feminina

Valeria Betucelli, em El Cuaderno de Tomy (Argentina)

Ane Garabain, em Patria (Espanha)

Menna Shalaby, em Every Week Has a Friday (Egito)

Haley Squires, em Adult Material (Reino Unido)

Melhor performance masculina

Roy Nik, em Normali (Israel)

Namazuddin Siddique, em Serious Men (Índia)

Christian Tapan, em El Robo Del Siglo (Colômbia)

David Tennant, em Des (Reino Unido)

Melhor minissérie

Todas as Mulheres do Mundo (Brasil)

Atlantic Crossing (Noruega)

Des (Reino Unido)

It’s Okay to Not Be Okay (Coreia do Sul)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos