Empresário é morto a tiros ao sair de academia em Ribeirão Preto (SP)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O empresário Luiz Cláudio Mazzuca Filho, 35, foi morto a tiros na saída de uma academia na zona sul de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, na noite desta quinta-feira (29).

Câmeras de segurança registraram o momento em que o Porsche no qual ele estava é atingido por diversos disparos, que também feriram uma funcionária do estabelecimento.

Por volta das 22h, Luiz e a namorada despediram-se no estacionamento da academia, localizada no bairro Nova Aliança, e ele entrou no seu carro, da marca Porsche.

Nas imagens, cedidas pela academia, é possível ver o veículo dela sendo manobrado para sair do estacionamento, quando um automóvel branco para atrás do carro de Luiz, ainda estacionado. Dois homens saem do veículo e efetuam os disparos.

Segundo o boletim de ocorrência, dos 35 tiros, dez foram de um fuzil e o restante, de uma pistola. Luiz morreu no local.

Uma funcionária da academia, que ia sair de moto do local, foi atingida por dois tiros e encaminhada à unidade de emergência do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, da USP.

A polícia aprendeu um celular, o veículo do empresário e uma pistola Glock que estava no banco do passageiro. O caso foi encaminhado à 3ª Delegacia de Homicídios de Ribeirão Preto, que investiga o crime.

Em nota, a academia Pacer diz que lamenta o fato e que forneceu as imagens da câmera de segurança para ajudar na investigação. "Nos solidarizamos com os familiares e esperamos que tudo seja solucionado em breve, e que os culpados sejam responsabilizados."

Luiz era proprietário do OnBar, de Ribeirão Preto, que publicou uma mensagem de luto em sua página nas redes sociais. "Com imenso pesar, a equipe ON BAR hoje se despede de Mazzuca Filho. "As boas lembranças não nos deixam esquecer daqueles que, durante a vida, nos trouxeram tantas alegrias!", diz a nota.