Empresário indiano Vijay Mallya detido em Londres para ser extraditado

O empresário indiano Vijay Mallya, em Silverstone, em 22 de fevereiro de 2017

O outrora poderoso empresário indiano Vijay Mallya foi detido em Londres em resposta a um pedido de extradição de seu país, onde é acusado de fraude, anunciou a polícia britânica nesta terça-feira.

"Vijay Mallya, 61 anos, foi detido a pedido das autoridades indianas em relação a acusações de fraude", afirma a polícia em um comunicado.

Ele deve ser levado ainda nesta terça-feira a um tribunal de extradição de Londres.

O empresário fugiu da Índia em março de 2016, deixando uma dívida superior a um bilhão de dólares, depois de obter vários empréstimos de bancos estatais e de má administração dos fundos.

A Índia solicitou a extradição em fevereiro.

Mallya, que gostava de ser chamado de "rei dos bons tempos", foi destituído no mesmo mês do conselho administrativo da United Breweries, a empresa fabricante de cerveja que aglomerava todo seu império.

O magnata transformou a Kingfisher em uma marca popular em todo o mundo e chegou a ser dono de uma companhia aérea e de uma equipe de críquete.

Mallya é coproprietário da escuderia de Fórmula 1 Force India.